sexta-feira, 27 de abril de 2012

Voltei...

Voltei...senti necessidade de cá voltar, mais que não fosse para recordar breves brisas de memoria abafadas pelo tempo.

Gostei de cá ter estado! Talvez tenha voltado...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Procura-se um amigo...


"Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor... Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.


Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.


Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.


Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive."

sexta-feira, 16 de abril de 2010

domingo, 4 de abril de 2010

Me & MerryCupcakes

Hoje entrei as 5h30. Com uma cara de sono colossal, mala na mão direita e saco enorme na mão esquerda a tentar abrir a porta da loja e quase de joelhos no chão! Não calculam o meu ar de louca. É, eu sou mesmo assim...a loucura em pessoa!
Arrumei as minhas coisinhas, creme e um bocadinho de blush para dar alguma profundidade as maçãs do meu rosto e boooooooora lá iniciar mais um dia com muita alegria a mistura (as 4h30 é que começou o dia)! Eram 7h20, entra na loja uma colega que acaba por se esconder no nosso mini BackOffice e que prepara, num pratinho, os MerryCupcakes de chocolate com creme e alguns corações á mistura. Mal viu que eu estava sozinha dirigiu-se a mim de prato na mão e diz me: "Toma Matitas, estes são para ti..."!!!
Achei amoroso. Embora ela já me tivesse dito que iria trazer os Cupcakes hoje eu disse-lhe que não era necessário e que o melhor era irmos lá lanchar um dia destes.
Bem, depois de um café e um Cupcake daqueles juro que fiquei arrepiada. Soube-me tão bem, mas tão
bem! E ainda tenho outro para o meu lanche :o)

Ps:. Hummmm!!! Obrigada... ***


sexta-feira, 2 de abril de 2010

Paz.coa!

Paz.coa feliz e cheia de ovinhos de chocolate!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Dia das mentiras...

Hoje é permitido todo o tipo de mentiras... O que vale e que o ano tem 365 dias e todos eles são semelhantes ao dia de hoje, ou não! ;o)

terça-feira, 30 de março de 2010

O meu vicio de ti...

Estou naqueles dias em que a noite seria apenas parte de mim e tu a outra metade. Uma lareira, uma musica calma, uma boa conversa acompanhada por um vinho que ao longo dos minutos aquece o ambiente e as nossas almas. O meu vicio de ti não vai passar... e não percebo porque não esmorece e ao que parece o meu corpo não se esquece!
...Não me esqueci, não antevi, não adormeci, o meu vicio de ti.

domingo, 28 de março de 2010

I love photos...

Apetece-me ir para a rua e fotografar tudo e todos...

Atraso na mudança horaria...


Mas porque é que a mudança da hora nunca interferiu directamente com a minha vidinha e este ano tive de adormecer, não alterar o relógio e pior que isso tive de atender a chamada do meu "motorista" a perguntar se eu hoje não trabalhava!!! Claro que hoje trabalho (infelizmente), o problema e que ainda estava a dormir e só faltavam 15min para entrar!
Quando dou por mim tinha a escova de dentes no canto da boca (mais parecia um taberneiro a palitar os dentes), a calçar as botas sempre a correr e de calças nas mãos a tentar arrumar a lixeira que caracteriza a minha mala. Mas que manhã acelerada esta, vamos lá ver como e que corre o resto do dia.

Ps:. E pergunto - Mas porque é que a hora muda? Para me baralhar? Só pode mesmo! Com o passar dos anos estou a ficar ainda mais distraída e trapalhona (há quem diga que louca também)! ;o)

sábado, 27 de março de 2010

E agora?!

Vou aquecer arroz. E agora...o que é que faço???

Ps:. Esta é para aquele que acha que eu não sei o que fazer quando aqueço massa ou arroz no nosso micro dentro do nosso mini BackOffice! :o)